quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

AMAR

Você olha para alguém e seu coração dispara como se estivessem 5 cavalos galopantes dentro de você?
Você pensa em alguém e tem vontade de dormir e acordar todos os dias junto?
Você enxerga alguém como uma obra de arte que você precisa proteger e não pode deixar quebrar nem estragar por nada nesse mundo?
Você tem certeza de que por essa pessoa você viajaria o mundo em busca de uma flor rara ou que por essa pessoa você enfrentaria tempestades e trovões?
Se sente todas essas coisas...acho que você pode estar amando...
Mas o amor é relativo...cada um ama de um jeito...e pensando bem:
Por que amar igual todo mundo ama?
Por que amar só se amar junto é muito melhor?
Por que amar com medo sendo que o amor encoraja?
Por que relutar em amar quando o amor cura, salva?
Dizem por aí um lance de amar sem fronteiras...penso que o amor seja isso mesmo, amar sem se preocupar se está sendo amado na mesma proporção em que se ama, amar sem querer impor opiniões e vontades, amar sentindo profundamente uma coisa boa que só cresce e alegra, amar independentemente de tudo e de todos...simplesmente amar!
Ame sem mas...
Ame sem depois...
Ame sem espera aí...
Ame sem amanhã...
Ame sem enfim...
Ame sem fim.