terça-feira, 6 de maio de 2014

Obras de arte em favor do bem

     Eu fiquei simplesmente encantada com o post de hoje...é por essas e outras que acredito que ainda há muito amor no interior do ser humano.
     Falo isso pelo trabalho de Paula Strawn, uma artista incrível que usou seu talento para o bem e para fazer uma diferença enorme na vida de crianças...mas...como assim?
     Existe um problema que acontece logo depois do nascimento do bebê que chama plagiocefalia posicional ou “cabeça achatada”. Isso acontece quando o bebê fica muito tempo em uma mesma posição e pressiona o crânio que ainda é bem “molinho”. Dessa maneira, quando não há tratamentos mais simples, o bebê precisa usar um capacete que não é nada bonito mas que corrige isso.
     Mas, o que tem Paula Strawn a ver com isso? – Pois bem...Paula passava por um dia comum quando uma amiga lhe perguntou se era possível deixar o capacete da neta, que ela considerava “uma coisa feia” em algo mais bonito. Assim, Paula Strawn entendeu o problema e começou a utilizar os capacetes corretivos como verdadeiras telas de pintura e obras de arte. Ela já faz isso há mais de 10 anos e já são mais de 11 mil pinturas.
     "Para Paula, além de deixar os capacetes mais amigáveis e bonitos, a iniciativa abre margem para os pais das crianças poderem explicar às pessoas que perguntam sobre o objeto usado na cabeça dos bebês, mostrando o quanto essa condição é tratável".
     Eu achei uma ideia criativa, sensibilizadora e acima de tudo humana. O mundo precisa de pessoas assim! Parabéns Paula Strawn pelo lindo trabalho!
     Vejam alguns capacetes customizados pela artista:






















Veja mais fotos no facebook da Paula.